Fantasmas

No dia seguinte, nós descemos as escadas. Na última noite Jean me pediu para ficar na cabana dele… bem, a noite em que a mente não está tão afiada traz uma manhã revigorante.

Ocasionalmente, eu podia escutar um misterioso gemido, explosões do subterrâneo e sons de pessoas se movendo do lado de fora do meu quarto. Como Fran pode dormir tão bem!? No entanto, eu estava feliz por ela ter um sono tão pesado.

O café da manhã foi ovo roxo frito e uma sopa verde-escuro, e também havia uma bebida parecida com leite azul-claro e uma carne misteriosa frita. O resto também incluía carne misteriosa e leite azul.

Parecia que o sabor não era ruim, mas isso ainda era assustador. Felizmente, isso não causava um estado anormal, mas estava mesmo tudo bem? Eu confirmei com Fran e Urushi quase cinco vezes.

(Jean): “Venha aqui”

Depois disso, Bernardo nos guiou para uma escada, assim nós poderíamos descer até o subsolo, onde o autoproclamado laboratório estava. Não, se você descesse para o porão, veria muitas instalações. Era rude chamar isto de autoproclamado.

(Jean): “Você parece surpreso com a verdadeira forma de nosso laboratório”

(Mestre): “É bem surpreendente”

(Fran): “Legal”

(Urushi): “Ou”

Havia um enorme círculo mágico no meio do chão, ferramentas como uma foice e um bastão estavam pendurados na parede e instrumentos como frascos e almofarizes[1] estavam deixados na bagunça. Ervas venenosas e minérios estavam em potes e cestos e havia até uma grande chaleira com um líquido estranho fervendo dentro.

Que agradável! Eu definitivamente iria chamar isto de laboratório; ele parecia até uma oficina. Ele tinha a atmosfera de um laboratório secreto de um Necromante. Eu queria tentar todos os tipos de provocações!

(Fran): “O que tem ali?”

(Jean): “Você se importa?”

(Fran): “Cheiro de sangue”

(Jean): “Ha, ha, ha, como esperado de uma Mulher-Fera, seu faro parece ser bom. Esta é a sala onde os corpos são mantidos. Ela tem paredes reforçadas para os mais perigosos experimentos que eu fiz há pouco tempo!”

Isso pareceu casual, como algum tipo de loja de cadáveres. Realmente como um Necromante. Você morreu? Nós estamos bem?

(Jean): “Bem, vamos nos preparar. Vocês têm Armazenamento Dimensional, então podemos levar uma grande variedade de itens?”

(Fran): “Deixe comigo”

Devemos levar bagagem? Bom, nossas chances de sobrevivência vão aumentar, então eu vou levar o máximo que eu puder.

(Jean): “Em primeiro lugar, com isto e isto, oh, eu vou levar isto também, isso também é necessário, eu me pergunto, eu vou levar isto e isto, de qualquer forma, eu não vou carregar nada. Assim, com isto e aquilo…”

(Mestre): “Isso não é demais?”

Uma pequena montanha foi feita no chão em questão de segundos. De objetos parecidos com poções a instrumentos estranhos, havia muita variação. Dentro, havia lamparinas engraçadas em forma de esqueleto, pingentes que estimulavam Zumbis, e ferramentas que eu hesitaria até mesmo tocar.

(Urushi): “] Fareja [“

(Mestre): “Hey, Urushi! Pare com isso. Você não sabe o que isso faz! “

(Urushi): “Kuu…”

Eu não posso sorrir porque isso poderia estar realmente amaldiçoado.

(Mestre): “Não há o que fazer, eu vou guardar metade disso comigo”

(Fran): “Hmm”

Enquanto escutava Jean dizendo Deus sabe o que, nós terminamos de guardar os itens em quase uma hora.

(Jean): “Estamos prontos!”

(Mestre): “É finalmente hora de começar?”

(Fran): “Finalmente”

(Jean): “Sim, vamos lá”

Nós deixamos o laboratório com Jean nos liderando. A pergunta era, como nós iríamos chegar na ilha flutuante?

(Mestre): (“Qual é o caminho para chegar na ilha flutuante?”

(Fran):Teletransporte?”

(Jean): “Hey, eu sou um Necromante, eu não uso magias como essa!”

Isso significa que existe uma técnica para voar no céu com magia maligna ou bruxaria do submundo?

(Fran): “Bem?”

(Jean): “Fahahaha. Bom, fiquem olhando! Vocês vão descobrir logo! Bernardo!”

(Bernardo): “Sim!”

(Jean): “Você está pronto?”

De onde você saiu? Bernardo, quando você chegou aqui?

(Jean): “Bernardo vai guiar vocês de volta para o laboratório. Há um círculo mágico com quase dez metros de diâmetro e [Pedras Mágicas] arranjadas no topo dele em um padrão regular”

(Bernardo): “Bom! Isso é bom!”

(Fran): “Obrigado por seu trabalho duro”

(Jean): “Vamos mostrar isso de uma vez! Prestem atenção à essência da minha magia!”

Jean, que gritou isso, cruzou suas mãos na frente de si mesmo e empurrou para cima em direção a bolsa e o céu. Ele começou a recitar feitiços sem eu notar.

Era perfeitamente o comportamento de outra pessoa, mas agora, isso combinava bem com Jean. Eu estava observando do pátio e eu não senti nenhum senso de incongruência.

(Fran): “Legal”

(Urushi): “Ou!”

Bem, eu não posso negar isso. Continuamente girando enquanto entoava uma ária[2], fazendo uma pose, um espírito mágico espiral rodopiou ao redor de Jean enquanto ele continuava invocando feitiços. Ele certamente parecia um Mago legal.

(Fran): “…”

(Urushi): “…”

Mesmo assim, isso tomou muito tempo. Ele ficou entoando por quase três minutos. O encantamento teve toda essa duração de tempo.

E depois de outros três minutos.

(Jean): “… Invocação de Especificidade de Morto-Vivo!”

Junto de um poderoso grito, o círculo mágico se acendeu com uma luz completamente negra. Era uma visão bem impressionante em que a fonte de luz negra estava brilhando vigorosamente no chão.

(Jean): “Kahahaha, por favor, saia meu servo! Seu nome é Andy!”

(Andy): “Goo-san!”

(Mestre): “Wow! O que é isso!?”

(Fran): “Magnífico!”

(Urushi): “Guruuuu!”

Nós vimos o pé que parecia rastejar para fora do círculo mágico, nós estávamos surpresos. Os olhos de Fran brilhavam alegremente, mas Urushi ergueu sua guarda. Eu também estava um pouco receoso.

Quando a cerimônia terminou, o Esqueleto que Jean invocou excedia o comprimento de dez metros do círculo mágico. Era provavelmente uma Serpe[3]. Não a Serpe Menor[4] que eu enfrentei antes, mas a maior, mais poderoso e genuíno Serpe.

(Jean): “Ha, ha, ha … Que tal? Kuhahahagahogo, ho! Que tal isto!? Isso não é incrível!?”

O coração dele estava palpitando, ele estava suando e sua respiração estava irregular… eu acho que isso era mais cansativo do que tinha pensado… mas o resultado era digno de se gabar. Era tão maneiro, e ele tinha um Poder Mágico tão poderoso…

 

Nome:Andy
Raça:Serpe Esqueleto
Especificidade:Fantasma
Condição:Contratado Relaxado
Status:Level 30
HP:1034MP:433
Força Física:539Resistência:551
Agilidade:531Inteligência:10
Mágica:93Destreza:55
Habilidades
‖Ameaçar‖ Lv6 ‖Furtividade‖ Lv3 ‖Interferência de Avaliação‖ Lv3 ‖Depressão‖ Lv6 ‖Reprodução‖ LvMáx ‖Barreira Mágica‖ Lv5 ‖Vingança ‖Imunidade a Veneno

O Status excede em muito a Serpe Menor. Aliás, ele tem uma habilidade que eu não tinha visto.

(“Um Fantasma? Eu nunca vi isto antes…”

 

Espírito Fantasma: Habilidades complexas de espíritos malignos superiores que têm um forte rancor. Graças a influência da Interferência de Avaliação, o efeito não é entendido.

(Jean): “O Espírito Fantasma é uma habilidade sintética que combina várias habilidades. Os efeitos incluem Voar, uso de magia, Fortalecimento Físico, Resistência Mental, Conversão de Rancor, aumento no Status, Resistência Contra Magia da Luz, Obstrução em Magia de Recuperação e Purificação. Isso se torna uma habilidade que combina os pontos fracos da Necromancia

De fato, era uma habilidade que combinava vários efeitos. Seria difícil lutar com ele.

(Jean): “Apesar de ele ter efeitos benéficos como Voar, pode se dizer que é uma espada de dois gumes que também aumenta suas fraquezas. Embora possamos reduzir as fraquezas com nossa magia, preocupações são inevitáveis”

(Fran): “Redução de fraquezas?”

(Mestre): “Agora que você mencionou isso, é como você disse. O nome também é meio estranho. Especificidade?”

(Jean): “Bom, esse é o efeito da técnica chamada Invocação de Especificidade de Morto-Vivo

Parecia ser uma técnica que você poderia aprender no Lv5 da Magia do Submundo. Não era uma técnica de alto nível! O efeito também era algo tremendo.

|HP, |MP, |Força Física, |Resistência e |Agilidade do Morto-Vivo de mais de 200 pontos cada, magia de Lv5, redução de pontos fracos e desempenho incomparável eram o resumo desta técnica. Além disso, parecia que o Morto-Vivo invocado simplesmente iria desaparecer depois de 24 horas. Isso ainda era ótimo. Se as fraquezas dos Fantasmas eram reduzidas, isso seria o suficiente para a defesa.

Não, apesar da insegurança da defesa, eu queria as habilidades dos Fantasmas. Se equipada apenas no momento do movimento, você poderia se mover voando.

(Mestre): “Você pode obter habilidades de Fantasmas se for para o |Calabouço|?”

(Jean): “Você quer ter habilidades de Fantasmas?”

(Mestre): “Oh, é o Voar que está logo ali que eu desejo”

(Jean): “Se é isto, então é melhor você absorver este aqui”

Jean pegou coisas parecidas com joias de seu peito. Era uma ferramenta mágica especial que podia invocar o espírito que era o dono da [Pedra Mágica] ao incorporar a Fera Demoníaca na [Pedra]. Elas pareciam ser chamadas de [Bolas de Invocação].

(Jean): “Eu vou te dar uma [Pedra Mágica] desta”

(Mestre): “Eu acho que esta é o bastante, eu acho que ela é uma [Pedra Mágica] poderosa”

(Jean): “Está tudo bem, esta é de uma Fera Demoníaca chamada Ghoul[5] Berserker[6], mas esse é um monstro sempre complicado em um estado alucinado. Ele ataca independentemente de ser amigo ou inimigo. Aceite isso se tiver algum uso para você. Oh, mas deixem-nos servir vocês!”

Assim, eu decidi ficar com a [Pedra Mágica] e ser grato. Eu vou pagar este débito no |Calabouço|.

(Mestre): “Fran!”

(Fran): “Ou!”

Oh!

Eu cortei uma [Pedra Mágica] atirada no ar pela Fran.

Fazia muito tempo desde que eu tive uma [Pedra Mágica] tão poderosa. E eu consegui uma habilidade fantasma, uma Presa da Degradação Lv1. A degradação faz o alvo apodrecer, isso é, parece um ataque corrosivo.

E, habilidades de Vampiro. Sorte. Eu consegui uma forma para voar com isto. Eu poderia até mesmo ser capaz de ir até a ilha flutuante por mim mesmo.

(Mestre): “Eu vou equipar isso imediatamente”

(Fran): “Okay!”

Habilidade do diabo pronta!

(Mestre): “Oh, oh?”

(Fran): “Macio”

O que é este sentimento. Como Fran disse, é macio e estranho. Eu podia ver algo. Acolhedor. Parecia como um dia de Sol… oh, Eu me sinto bem.

(Jean): “Isto é! Cara, hey, Mestre, isso é perigoso! Se livre da sua habilidade maligna agora!”

(Mestre): “Wow?”

(Urushi): “Gow! Gow! Gow!”

Algo como um cão estava latindo. Isso estava mesmo acontecendo?

(Jean): “Você está escutando? Se livre das suas habilidades malignas!”

(Mestre): “É como, como subir aos céus…”

(Fran): “Mestre, por favor!”

Ah, prazer…


Ah, isso foi perigoso. Eu estava literalmente ascendendo.

(Jean): “Você está bem?”

(Mestre): “Oh, eu estou bem”

Aparentemente, parecia que aquela poderosa habilidade de rancor era necessária, e como seu nome sugeria, era para controlar habilidades malignas. Eu não tinha esse tipo de coisa: Conjunto de habilidades malignas → Sem rancor → Não há nada para se lembrar → Buda[7]! Era isso o que parecia ter acontecido.

Fran devia ter ficado assim também, mas parece que isso não chegou ao ponto de uma visita forçada a Buda devido a conexão entre o corpo e a alma, ao invés disso, foi apenas um estado de transe.

No meu caso, como a alma estava contida no instrumento chamado de espada, o poder para me manter neste mundo era fraco.

Habilidades malignas foram seladas.

(Jean): “Bem, eu consegui dados interessantes! Obrigado!”

(Mestre): “Eu quase morri! “

(Jean): “Ha, ha, ha, eu consegui informação valiosa, isso não é o bastante?”

Droga. Neste caso, ele estava falando sério sobre essa situação ruim.

(Mestre): “Hey. Chega. Vamos começar logo”

(Jean): “Então suba em Andy”

(Fran): “Hmm”

(Jean): “Como há muitos lugares para se segurar, se segure onde você desejar”

Bom, isso é um osso. Fran estava presa entre as asas e se segurava na coluna com força. Urushi voltou para a sombra dela. Jean estava sentado no pescoço.

(Jean): “Você está pronta?”

(Fran): “Nn”

(Jean): “Bom, vamos lá, voe para longe Andy!”

(Andy): “Gowohoa!”

Andy começou a bater as asas com o grito de Jean. Pensando bem, não havia forma de voar com as asas de ossos, mas a Serpe gigante ignorou a gravidade e voou para o céu. Isso era um efeito da habilidade Fantasma.

(Jean): “Fuha! O objetivo é o |Calabouço| dos Mortos-Vivos!”

(Fran): “Hmm”


[1] O almofariz (também chamado gral, moedor ou morteiro) é um utensílio que serve para moer pequenas quantidades de produtos, por vezes misturando vários ingredientes. Trata-se de uma tigela de paredes grossas na qual se coloca o material a ser moído por uma outra peça, chamada pilão ou “mão do almofariz”, que é um bastão com ponta semiesférica, geralmente feito do mesmo material que o almofariz (madeira, barro, pedra ou metal).

[2] Uma Ária, no sentido restrito, é qualquer composição musical escrita para um cantor solista, tendo quase o mesmo significado de canção. Geralmente (mas não necessariamente) usa-se o termo “ária” quando está contida dentro de uma obra maior, como uma ópera, cantata ou oratório e “canção” quando é uma peça avulsa.

[3] Serpe, também conhecida pela muito usada designação inglesa wyvern, é todo réptil alado semelhante a um dragão, mas de dimensões distintas, muito encontrado na heráldica medieval. Geralmente as serpes apresentam apenas duas patas (ao contrário dos dragões ocidentais, que sempre possuem quatro), sendo que no lugar das dianteiras estão suas asas, o que a torna similar a uma ave. Diferentemente dos dragões citados em diversas histórias, é muitas vezes tida mais como um ser desprezível do que como sábio.

[4] O Mestre enfrentou a Serpe Menor no capítulo 007.

[5] O Ghoul é um monstro folclórico associado com cemitérios e que consome carne humana, comumente classificado como morto-vivo. Na mitologia árabe, sua origem, é um monstro canibal que habita debaixo da terra e outros lugares desabitados.

[6] Berserkir (plural para Berserker) foram guerreiros nórdicos ferozes, que estão relacionados a um culto específico ao deus Odin. Esses guerreiros entravam em tamanho estado de fúria em combate que se dizia que suas peles podiam repelir armas. Alguns eruditos modernos sugerem que a fúria dos berserkir poderia ter sido induzida por consumo de álcool e um cogumelo de espécie amanita, que causa uma variação emocional imensa, dependendo da pessoa o efeito do cogumelo poderia causar efeitos contrários aos desejados, por exemplo, depressão ou até mesmo calma, por isso tais guerreiros eram tão escassos e admirados.

[7] Buda é um título dado na filosofia budista àqueles que despertaram plenamente para a verdadeira natureza dos fenômenos e se puseram a divulgar tal descoberta aos demais seres. “A verdadeira natureza dos fenômenos”, aqui, quer dizer o entendimento de que todos os fenômenos são impermanentes, insatisfatórios e impessoais. Tornando-se consciente dessas características da realidade, seria possível viver de maneira plena, livre dos condicionamentos mentais que causam a insatisfação, o descontentamento, o sofrimento.